Filmes – TUTO

Filmes

Videos

Tenha uma boa sessão…


Depois de ter sua vila queimada por rebeldes e seus pais assassinados numa guerra civil na África, a menina Komona é levada para a floresta para lutar como uma criança-soldado. Seu brutal comandante não só a treina para o uso de armas, mas também a força a ter relações com ele. Procurando por abrigo no meio do horror, ela se apega a um garoto albino, um pouco mais velho, que ela chama de “Mágico”. Depois de escaparem juntos, Komona deve retornar à sua vila natal para enterrar os pais. Apesar de todos os horrores que encontra pelo caminho, Komona ainda tem esperança.


Besouro (Ailton Carmo) foi o maior capoeirista de todos os tempos. Um menino que ao se identificar com o inseto que ao voar desafia as leis da física desafia ele mesmo as leis do preconceito e da opressão. Passado no Recôncavo dos anos 20, Besouro é um filme de aventura, paixão, misticismo e coragem. Uma história imortalizada por gerações, que chega aos cinemas com ação e poesia no cenário deslumbrante do Recôncavo Baiano.


Bonfím é um bancário negro e bissexual, casado com uma mulher branca e evangélica, que vive em Salvador. Ele recebe a incumbência de montar um terreiro de candomblé, mas terá que enfrentar a especulação imobiliária da cidade.


Documentário musical sobre a Cultura Afro Brasileira, cuja estrutura narrativa se traduz por um jogo de búzios, onde nossa protagonista Ana (Taís Araújo) chega atraída pelo “chamado do tambor” em busca de seu auto- conhecimento e seu caminho. Pela estrada da percussão nas locações de Pernambuco, Bahia e Rio de Janeiro, Ana encontra diferentes ritmos, grupos musicais e coreográficos, experienciando sua integração na sociedade brasileira. O material filmado em Angola, África, onde no séc. XVII viveu e reinou a Rainha Nzinga, guerreira famosa, cujo nome serve de batismo à protagonista do filme, é uma referência e ilustra o passado da história do negro no Brasil.

Filme luso-brasileiro que teve locações nas cidades de Alagoas, Marechal Deodoro, Pilar, Maceió, e na África em Cabo Verde. Com participações de artistas Brasileiros, Portugueses e Africanos. O Longa-metragem tem atores e atrizes renomados, dentre eles: Milton Golçalves, Vanessa Giácomo, Zezé Motta e Francisco de Assis (Chico de Assis).


Primeiros europeus a chegar ao Brasil, no ano de 1500, os portugueses fizeram vir negros da África para o trabalho escravo nas lavouras de cana de açúcar, principal riqueza da colônia. Senhores absolutos da vida e da morte de seus escravos, os proprietários brancos os faziam trabalhar sem descanso, à custa de tortura e castigo, muitas vezes fatais. Alguns escravos porém, conseguindo fugir do cativeiro, se escondiam pelo interior virgem do país, onde formavam comunidades livres a que se deu o nome de Quilombos. Destes, o mais célebre foi o Quilombo dos Palmares, fundado em fins do século XVI, nas montanhas do nordeste do Brasil.


Baseado no romance de Rudolfo Anaya, Abençoe-me, Última – A Curandeira é uma história turbulenta e de transição sobre um jovem criado no Novo México durante a Segunda Guerra. Quando uma curandeira chamada Última vai morar com a sua família, Antonio vive uma série de eventos misteriosos e aterrorizantes que fazem com que ele enfrente questões sobre o próprio destino e todos os poderes desta mulher mística.


O filme é uma obra de ficção inspirada em um personagem real saído das senzalas do século XIX, um ex-escravo e “milagreiro” de Sorocaba, João de Camargo, que criou uma igreja.


O filme Cordão de Ouro representa um marco na história da capoeira no cinema, como o primeiro filme com um herói representado por um capoeirista. Realizado em plena ditadura militar, o longa surpreende ao contar a história de um escravo que se rebela contra o sistema.


Foi numa época em que a religião não era bem vista, e os atores negros não estavam em alta, os costumes que continuam aí até hoje; a exploração do mais forte aos mais fracos, a inveja, o amor.


Um filme nacional de 1980, que narra a trajetória de descobrimento da mediunidade, em que o mesmo tem que desenvolver as praticas mediúnicas e conciliá-las com seus estudos e seu trabalho. Um filme propício para a divulgação das doutrinas espíritas, umbandistas e candomblés, sendo que o comportamento e as atividades da doutrina espírita diferem das praticas abordadas no filme.


Tilo (Aishwarya Rai) é uma mulher misteriosa, que é dona de uma loja de especiarias e possui o dom mágico de transformar seus ingredientes em poções para curar as pessoas. Porém há uma regra: Tilo jamais poderá provar alguma de suas receitas ou se apaixonar, caso contrário perderá seu dom.


Para entrar em contato com parentes, o africano Babatunde chega ao Brasil e vai ao candomblé de uma famosa mãe-de-santo pedir orientação para o cumprimento de sua missão. No terreiro ele conhece Elisa, que durante a cerimônia religiosa incorpora a divindade africana cuja estatueta Babatunde carrega como senha para encontrar seus familiares brasileiros. Durante o transe, Elisa indica a Babatunde a Vila Esmeraldo, na Bahia, como local possível do encontro. Babatunde convida Elisa a acompanhá-lo na viagem e depois de muitos contratempos, os dois chegam ao destino. Não encontrando o que procurava, Babatunde oferece a uma velha Ialorixá a estatueta. Mas a viagem não foi em vão. Aos poucos, Babatunde percebe em Elisa os laços familiares que tanto buscava. No alvorecer do dia seguinte, Babatunde e Elisa começam a viagem de volta ao Rio de Janeiro e à África.


Nos anos 40, malandro elegante e popular figura do boêmio bairro carioca da Lapa, explora cantora de cabaré e vive de pequenos trambiques. Até que surge Ludmila, a filha do dono do cabaré, que pretende tirar proveito da guerra fazendo contrabando.


Um retrato real da realidade que os praticantes da Religoião Afro passam até os dias de hoje , a Intolerância e racismo num filme que mostra a realidade que se arrasta até aos dias de hoje.


Desprezada pelo marido, mulher viaja ao litoral com o amante. Fascinada pela força do mar e pelos rituais a Iemanjá, ela é envolvida em uma cerimônia de oferenda à Rainha das Águas. No dia seguinte, o amante desaparece. Outros homens perecem depois de envolverem com ela: um hóspede do hotel, após um encontro na praia; e, depois, um jovem pescador. O marido vai buscá-la e ela o lança ao mar. Vagando pelo cais do porto de Santos e seus cabarés, ela se vê como uma prostituta. Fatos reais? Ou tudo não passa de imaginação da misteriosa mulher?


A trama gira em torno de um grupo de amigos inconformados com o marasmo e a vida monótona da capital baiana, na época da ditadura de Getúlio Vargas. Tonho, um jovem rejeitado pelos pais que vive de pequenos furtos no porto de Salvador, vive conflitos sociais, políticos e religiosos. Sua amante inglesa quer afastá-lo dos companheiros, mas ele se envolve num atrito entre grevistas e a polícia, terminando por roubar a amante para ajudar os perseguidos. Insatisfeita, ela o denuncia, comprometendo-o politicamente. Ele é preso e, quando volta para a família, seu drama permanece.


Rei dos botecos, bordéis e gafieiras da Bahia, o ex-funcionário público Quincas Berro d’Água é encontrado morto em sua cama. Inconformados com sua morte, seus melhores amigos “roubam” o corpo e o levam para uma última noite regada a festa e muita bebida. Em meio a mil confusões, Quincas “vive” a sua segunda e definitiva morte, desta vez como sempre sonhou.


As ruas da mais famosa favela do mundo, Cidade do Deus do Rio de Janeiro, são um lugar onde os fotógrafos de combate temem pisar, a polícia raramente vai e os moradores têm sorte se vivem até os 20 anos. Em meio ao crime opressivo Violência, um jovem frágil e assustado vai crescer e descobrir que ele pode ver as duras realidades de seus arredores com um olhar artístico. Em face de probabilidades impossíveis, sua ambição corajosa de se tornar um fotógrafo profissional torna-se uma janela para seu mundo e, finalmente, sua saída.

Morada:
Rua dos Poisios, Aveiro, Portugal
Telefone:
[+351] 917193362
Email:
geral@tuto.pt
error: Não tem permissão para copiar esta página.